Home

#
O que escrever sobre vovô e vovó?
Escrito por Thereza Blota   

Eu tive o privilégio de conviver demais com esses dois exemplos de lição de vida.

Foram tantas coisas bonitas, tantos ensinamentos de caridade, amor ao próximo, lutar e jamais desistir, entre outras coisas belíssimas, e que eram a cara de Sonia Ribeiro e Blota Jr.

Enquanto escrevo, eu choro. Mas choro de felicidade, porque a cada lembrança de agradecimento que me ocorre, outra me foge. É como se minha mente dissesse: O texto vai ficar enorme, foram muitas e lindas caminhadas. Passeios no sítio, domingos de cantoria, aniversários inesquecíveis, natais iluminados...

E que avô iluminaria uma árvore inteira com todos os tipos de luzes de Natal, só para os netos terem a emoção ao verem a explosão das cores na madrugada? O meu avô fazia!

Que avó nos seus últimos dias de vida, passaria por cima de toda a sua dor, e mandaria comprar uma boneca do jeito que as netas sempre sonharam, só pra que elas passassem um aniversário feliz? A minha avó fazia essas coisas...

Não tenho outra definição senão saudade. Saudade do que eu era quando tive a honra de conviver com eles! Amo infinitamente, e para sempre amarei...

Aos meus grandes amores...

Get Adobe Flash player

Thereza Blota

Thereza Blota
 

Sonia Ribeiro aniversia amanhã. Todas as pessoas na casa de Blota, completam aniversário em março.
Folha de S. Paulo , 19/03/1966
#